PROCESSOS INSTITUCIONAIS E POLÍTICAS DE FORMAÇÃO

Código: PGPI-0040
Curso: Mestrado em Psicologia Institucional
Créditos: 2
Carga horária: 30
Ementa: Processos institucionais: conceituação e método. O Paradigma Institucionalista: principais conceitos. Políticas de Formação: macro e micropolíticas. A formação como acontecimento. Processos de formação escolares e não escolares: A questão do saber. Contribuições do Institucionalismo na análise das políticas de formação contemporâneas. Processos de formação, processos de gestão e psicologia no âmbito das políticas públicas
Bibliografia: ALTOE, Sonia (Org.) René Lourau. Analista institucional em tempo integral. São Paulo: Hucitec, 2001.
ATHAYDE, M. R. C. de. Gestão de coletivos de trabalho e modernidade: questões para a engenharia de produção. 1996. Tese (Doutorado em Engenharia da Produção) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia da Produção, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1996.
DELEUZE, G. Proust e os signos. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006.
________. Conversações. Rio de Janeiro: Ed. 34, 2015.
DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil Platôs v. 3. São Paulo: Editora 34, 2015.
FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.
FUGANTI, L. A. Saúde, desejo e pensamento. In: LANCETTI, A. (Org.). Saúde e loucura, 2. São Paulo: Hucitec, 1990. p. 19-82.
FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. Petrópolis: Vozes, 1972.
FOUCAULT, M. Microfísica do poder. RJ: Graal, 1979.
FOUCAULT, M. O nascimento da biopolítica. São Paulo: Martins Fontes, 2008.
HECKERT, A. L. C.; NEVES, C. E. A. B.. Modos de formar e modos de intervir: quando a formação se faz potência de produção do coletivo. In: MATTOS, R. A.; BARROS, M. E. B.; PINHEIRO, R. (Org.). Trabalho em equipe sob o eixo da integralidade: valores, saberes e práticas. 1 ed. Rio de Janeiro: CEPESC-IMS/UERJ-ABRASCO, 2007, v. 1, p. 145-160.
LINHARES, C. Professores entre reformas e reinvenções educacionais. In LINHARES, C. (Org.). Os professores e a reinvenção da escola. São Paulo: Cortez, 2000..
LOURAU, R. A Análise Institucional. Petrópolis: Vozes, 1975.
_____. René Lourau na UERJ – Análise Institucional e Práticas de Pesquisa. Rio de Janeiro: Eduerj, 1993.
SCHWARTZ, Y. e DURRIVE, L. Trabalho e ergologia: conversas sobre o trabalho humano. Niterói: EDUFF, 2007

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910