Por um Êthos Docente Militante Numa Escola de Educação de Jovens e Adultos.

Nome: Ligia Caroline Pereira Pimenta
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 13/04/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Ana Paula Figueiredo Louzada Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Ana Paula Figueiredo Louzada Orientador
DOMENICO UHNG HUR Examinador Externo
Marcia Roxana Cruces Cuevas Examinador Interno

Resumo: A presente dissertação analisa práticas de militância no contexto da Educação de Jovens e Adultos. Esta pesquisa teve como campo de intervenção uma escola de EJA no Município de Vitória/ES. Durante o percurso de pesquisa, estivemos junto à escola na realização de suas atividades e acompanhamos o trabalho dos docentes. Atuamos também na produção de interface entre esta escola e outros
equipamentos de políticas públicas. Munidos dos estudos de Michel Foucault,Hannah Arendt e outros autores, discutimos os efeitos de transmutações da militância ao longo de sua história (vanguarda e ativismo) na atuação docente.
Apresentamos relatos das Ocupações Secundaristas, em um breve cenário das reformas do ensino médio em um contexto brasileiro atual, com o intuito de realçar a ação transformadora que esse movimento exerceu na equipe da EMEF EJA ASO. Por fim, apontamos a parrhesía como prática fundamental para a construção de um êthos docente militante na Escola Municipal de Ensino Fundamental Modalidade Educação de Jovens e Adultos Professor Admardo Serafim de Oliveira na aposta por uma militância menor.
Palavras-chave: Militância; Educação de Jovens e Adultos; Parrhesía, Êthos.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910